Páginas

Wednesday, August 25, 2010

Bhagavad Gita 03:11 Karma Yoga, The Yoga of action , O Yoga da ação







Bhagavad Gita 03:11

devãn bhãvayatã 'nena
te devã bhãvayantu vah

parasparam bhãvayantah
sreyah param avãpsyatha

By this you will foster the gods and let the gods foster you. This fostering each other, you shall achieve the highest state.(03:11)

Por isso, você vai favorecer os deuses e deixar que os deuses lhe favoreçam . Nesta promoção  mútua, você deve atingir o mais elevado estado.(03;11)



Resultado de imagem para lotus flower free

Supreme Being or God, the personal form of the Ultimate Reality, is conceived by Hindus as having various aspects. A Hindu deity (god or goddess; note small ) represents a particular aspect of the Supreme Being. For example, Saraswati represents the learning and knowledge aspect of the Supreme Being. Thus, if a Hindu wants to pray for acquiring knowledge and understanding, he prays to Saraswati. Just as sunlight cannot have a separate and independent existence from the sun itself, a Hindu deity does not have a separate and independent existence from the Supreme Being. Thus, Hindu worship of deities is monotheistic polytheism and not simple polytheism.

Ser Supremo, ou Deus, a forma pessoal da Realidade Suprema, é concebida pelos hindus como tendo vários aspectos. A divindade hindu (deus ou deusa; pequena nota) representa um aspecto particular do Ser Supremo. Por exemplo, Saraswati representa o aspecto de aprendizagem e conhecimento do Ser Supremo. Assim, se um hindu quer rezar para adquirir conhecimento e entendimento, ele ora a Saraswati. Assim como a luz solar não pode ter uma existência separada e independente do próprio sol, a divindade hindu não tem uma existência separada e independente do Ser Supremo. Assim, a adoração de divindades hindus seu politeísmo é monoteísta e não simples politeísmo.
Resultado de imagem para lotus flower free

One must clearly understand that Brahma, Vishnu and Shiva are not three independent deities. They represent the same power (the Supreme Being), but in three different aspects. Just as a man may be called a doctor, father or husband based upon the tasks he performs, the Supreme Being is called Brahma, Vishnu or Shiva when conceived as performing the three different cosmic tasks of creation, preser-vation, and dissolution/recreation. "The oneness of the three gods Brahma, Vishnu and Shiva is brought out by the mystic symbol AUM where 'A' represents Vishnu, 'U' Shiva and 'M' Brahma."


É preciso entender claramente que Brahma, Vishnu e Shiva não são três deuses independentes. Eles representam o mesmo poder (o Ser Supremo), mas em três aspectos diferentes. Assim como um homem pode ser chamado de doutor, o pai ou o marido com base em tarefas que ele executa, o Ser Supremo é chamado de Brahma, Vishnu e Shiva, quando concebida como realizar três tarefas diferentes cósmica da criação, preservação, conservação e dissolução de recreação / . "A união dos três deuses Brahma, Vishnu e Shiva é levada a cabo pelo símbolo místico AUM onde 'A' representa Vishnu," Shiva de 'U' e 'M Brahma ".
Resultado de imagem para lotus flower free
Hindu religion is often labeled as a religion of 330 million gods. This misunderstanding arises when people fail to grasp the symbolism of the Hindu pantheon. According to the Hindu scriptures, living beings are not apart from God, since He lives in each and every one of them in the form of atman (BG 10.39). Thus each living being is a unique manifestation of God. In ancient times it was believed that there were 330 million living beings. This gave rise to the idea of 330 million deities or gods. Actually, this vast number of gods could not have been possibly worshipped, since 330 million names could not have been designed for them. The number 330 millionwas simply used to give a symbolic expression to the fundamental Hindu doctrine that God lives in the hearts of all living beings.


A religião Hindu é frequentemente rotulada como uma religião de 330 milhões de deuses. Este mal-entendido surge quando as pessoas não conseguem entender o simbolismo do panteão hindu. De acordo com as escrituras hindus, os seres vivos não estão separados de Deus, pois Ele vive em cada um deles sob a forma de atman (BG 10.39). Assim, cada ser vivo é uma manifestação única de Deus. Nos tempos antigos, acreditava-se que havia 330 milhões de seres vivos. Isto deu origem à idéia de 330 milhões de divindades ou deuses. Na verdade, esse grande número de deuses, não poderia ter sido, eventualmente, adorado, desde nomes de 330 milhões não poderiam ter sido concebido para eles. O número 330 milhões foi usado apenas para dar uma expressão simbólica para a doutrina hindu fundamental que Deus habita nos corações de todos os seres vivos.

Resultado de imagem para lotus flower free


Na verdade, a tríade representa a consciência divina suprema


Puri é chamada de "Sri Purusottama Dham" ou "Martya Vaikuntha", a morada do Senhor Vishnu na terra.Outros nomes são "Sriksetra" (o melhor de todos os centros sagrados), "Purusottama Ksetra" (a morada do ser supremo), "Nilachal", "Nalagiri", "Sankha Ksetra" e "Jagannatha Dhama".

Puri is called "Sri Purusottama Dham" or "Marty Vaikuntha, the abode of Lord Vishnu in terra.Outros names are" Sriksetra "(best of all sacred centers)," Purusottama Ksetra "(the abode of the supreme being) "Nilachal", "Nalagiri", "Sankha Ksetra" and "Jagannatha Dhama".

Resultado de imagem para lotus flower free
Milhares de anos passados, já haviam escritos textos Védicos e Épicos Hindus que descrevem muitas coisas que a ciência moderna e a tecnologia estão começando a comprovar. O sistema solar,  A dimensão do Universo, a presença do DNA em todos os seres vivos, as viagens espaciais, a a interação com seres celestiais, enfim arte, ciência e espiritualidade sempre caminharam juntas  na cultura Hindu.
Thousands of years ago, had already written the Vedic texts and Hindu epics that describe many things that modern science and technology are beginning to show. The solar system, the size of the universe, the presence of DNA in all living beings, space travel, aa interaction with celestial beings, after all art, science and spirituality have always gone together in the Hindu culture.
 Resultado de imagem para lotus flower free


O Ocidente atravessou os horrores da inquisição, a escravidão da revolução agícola, a ganância das grandes cruzadas e navegações, a escravidão , a submissão e servidão da revolução industrial e tecnológica. O que conhecemos como História da Civilização é na verdade a história da usurpação dos saberes e culturas , a apropriação dos bens coletivos da humanidade e a mercantilização de tudo. O Conhecimento científico  após o renascimento rompeu os vínculos com a arte,  a ciência, a filosofia e a espiritualidade. O processo de trabalho foi fragmentado , as famílias e os grupos de referência foram massificados e a informação distorcida em nome do acúmulo de riquezas de muito poucos e a miséria de muitos.
Atualmente a informação foi banalizada e as pessoas tem acesso a elas mas perderam seu vínculo com a ação, perderam a noção da coerência. Alienados da animalidade , da humanidade e da divindade, buscam a felicidade no mundo material, neste processo de  multiplicação de pessoas vivendo em um mundo projetado pisando nas misérias da alienação.
Neste contexto toda a sabedoria Hindu preservada na cultura oral , arte, ciência, filosofia e ciência revela a Verdade que se esconde nas entrelinhas da História e permite ao ser humano que busca sair deste lodo a possibilidade de reconectar sua existência com a sinfonia Universal , utilizando  a animalidade como forma de amor à Natureza Criada,  o potencial humano  individual e coletivo como forma de cooperação e equidade e finalmente o potencial divino para a evolução espiritual e material.


 The West went through the horrors of the Inquisition, slavery revolution agricultural areas, the greed of the big cross and navigations, slavery, submission and bondage of technological and industrial revolution. What we know as The Story of Civilization is in fact the story of the usurpation of knowledge and cultures, the ownership of collective property of humanity and the commodification of everything. The scientific knowledge after the revival broke ties with the art, science, philosophy and spirituality. The work process was fragmented, families and groups of reference were massified and distorted information on behalf of the accumulation of wealth in very few and misery for many. Currently, the information has been trivialized and people have access to them but lost its link with the action, lost all sense of coherence. Alienated from animality, humanity and divinity, seek happiness in the material world, this process of multiplication of people living in a world designed by stepping on the miseries of alienation. In this context all wisdom Hindu preserved in oral culture, art, science, philosophy and science reveals the truth that lurks between the lines of history and allows the human being that seeks out the possibility of sludge to reconnect their lives with the universal symphony, using animality as a form of love of nature created the human potential individually and collectively as a form of cooperation and fairness, and finally the divine potential for material and spiritual evolution. 
Resultado de imagem para lotus flower free


Todos os seres vivos possuem um código genético. Sendo assim a maioria dos biólogos acredita que toda a vida existente na Terra descenda de um único ancestral, um ancestral comum para todos os seres vivos: o Último Antepassado Comum Universal.

All living beings possess a genetic code. So most biologists believe that all life on Earth descends from a single ancestor, a common ancestor for all living beings: the Last Universal Common Ancestor.

Resultado de imagem para lotus flower free

Gurudev I Bow to your lotus feet

No comments:

Post a Comment