Páginas

Thursday, August 5, 2010

Bhagavad Gita 02: 64-65 Samkya Yoga The Yoga of Inner Awareness , o Yoga da Consciência Interior





Bhagavad Gita 2: 64

rãgadvesavimuktais tu

visayãn indriyais caran

ãtma-vasyair vidheyãtmã
prasãdam adhigacchati

The person ( self controled yogi) who withdraws his senses completely and overcomes his atraction and aversion find peace of mind, even if he still enjoys some objects with his five senses. ( 60)

A pessoa ( yogi  com o auto controle  ), que renuncia completamente aos seus sentidos e supera a sua atração e aversão,  encontra a paz de espírito, mesmo se  ainda usufruir de alguns objetos com os seus cinco sentidos. (60)


Resultado de imagem para lotus flower free


Your Net of Ilusion
Sua rede de Ilusão

vishva joda phand petecho, kemane diyi panki !
adhek dhara padechi go, adhek achhe baki.
kena jani apna bhule varek hriday yaya ye khule,
varek tare dhaki,
bahir amar shuki yena kathina avaran
antare mora tomar lagi ekti kanna dhan
hriday bole tomar dike rayve cheye animikhe,
chay na kena anki

You are spread the net around the universe; how can I escape?
I have been half trapped, yet the other half is free.
I don't know why I sometimes open my heart, and sometimes cover it, trough mistakes.
Just like the shell outside is hard, so is my life.
But inside my heart, there is only one treasure - my tears for You.
My heart says to look at Thee, without a blink.
But my eyes cannot do so.

Você está irradiado por todo o Universo como posso fugir?
Eu ando metade encurralado e metade livre.
Eu não sei por que, eu às vezes abro meu coração e outras eu o deixo encoberto acumulando enganos.
Justamente como  a carapaça é dura, assim é minha vida .
Mas dentro do meu coração, só existe um tesouro - as minhas lágrimas para você.
Meu coração diz para olhar para ti, sem pestanejar.
Mas meus olhos não podem fazê-lo
Resultado de imagem para lotus flower free

Resultado de imagem para lotus flower free
Lesson from Paramahamsa Hariharananda:

God loves His creation; He wants His children to return home. Just like the prodigal son in the Bible, many try to escape from the loving call of God. A devote who is the crossroads of life sees , one road, the beautiful world, and temptation for pleasure.
On the other road, he sees God, with His loving call. What is the devote to do? He is pulled from both sides, and is neither enjoying the world completely, forgetting God , nor completely merged in God counsciousness. this condition of a devote is depicted in this song.


Deus ama a Sua criação, Ele quer que Seus filhos voltem  para casa. Assim como o filho pródigo da Bíblia, muitos tentam escapar da chamada amorosa de Deus. Um devoto que está na  encruzilhada da vida vê, uma estrada, um mundo belo, e a tentação para o prazer.

Na outra estrada, ele vê Deus com o convite amoroso. O que o devoto deve fazer? Ele é puxado por  ambos os lados, e nem aprecia o mundo completamente, esquecendo-se de Deus,  nem completamente imerso na consciência de Deus. Esta condição do devoto está representada nesta canção.
Resultado de imagem para lotus flower free


Lesson from my Gurudev Prajnananandaji

When the mind is atached to the sense objects it is in bondage and , when it is fre from atachement , one is free. The mind alone is the cause of bondage and liberation, joy and pain. The mind can go outwards the sense objectis or inwards towards the source.
Quando a mente se apega aos objetos dos sentidos está em cativeiro e, quando está livre do apego, ela é livre. A mente é a causa do cativeiro e libertação, alegria e dor. A mente pode ir para fora no sentido dos objetos ou para dentro para a fonte.
Resultado de imagem para lotus flower free
Bhagavad Gita 2: 65

prasãde sarvaduhkhãnãm


hãnir asyo'pajãyate

prasannacetaso hy ãsu
buddhih paryavatisthate

When you gain self control by meditation , you will feel divine bliss, and all your sorrows will perish. The mind and intellects of contented people are firmly established min the Self. (65)

Quando você ganhar auto-controle por meio da meditação, você vai se sentir bem-aventurança divina, e todas as suas tristezas perecerão. A mente e o intelecto das pessoas contentes está firmemente estabelecida no Self.(65)


Mandukya Upanishad


                                                     The Self and the Absolute (1-2)



Hari Om. Om-ity-etad-aksharam-idam sarvam,
tasyopavyākhyānam bhūtam bhavad
bhavishyaditi sarvam-omkāra eva.
Yaccānyat trikālātītam tadapy omkāra eva.


All is Om: Hari Om. The whole universe is the syllable Om. Following is the exposition of Om. Everything that was, is, or will be is, in truth Om. All else which transcends time, space, and causation is also Om.




Tudo é Om:  Hari Om. O universo inteiro é a sílaba Om. Na sequência é a exposição de Om.Tudo o que foi, é ou será é, na verdade Om. Tudo o mais que transcende o tempo, espaço e causalidade também é Om.




Sarvam hyetad brahmāyam-ātmā
 brahma soyamātmā catushpāt.



Atman has Four Aspects: All of this, everywhere, is in truth Brahman, the Absolute Reality. This very Self itself, Atman, is also Brahman, the Absolute Reality. This Atman or Self has four aspects through which it operates.

Atman tem quatro aspectos: Tudo isso, em  toda a parte, é na verdade Brahman, a Realidade Absoluta. Este é o grande Self  , Atman, também é Brahman, a realidade absoluta. Este Atman ou Self tem quatro aspectos através dos quais ele opera.


Four Levels of Consciousness (3-7)
Os quatro níveis de consciência


1-Vaishvanara

Jāgaritasthāno bahishprājñahsaptānga 

ekonavimsatimukhah

sthūlabhug vaiśvānarah
prathamah pādah.


First is Waking / Gross: The first aspect of Atman is the Self in the Waking state, Vaishvanara. In this first state, consciousness is turned outward to the external world. Through its seven instruments and nineteen channels it experiences the gross objects of the phenomenal world.

Primeiro é Waking / Gross: O primeiro aspecto de Atman é o Eu em estado de vigília, Vaishvanara. Neste primeiro estado, a consciência é voltada para fora para o mundo externo.Através de seus sete instrumentos e perimenta os objetos bruto do dezenove canais exmundo fenomenal.

2-Taijasa

Svapna-sthāno'ntah-prājñah
saptānga ekonavimsatimukhah
praviviktabhuk taijaso 
dvitīyah pādah.

Second is Dreaming / Subtle: The second aspect of Atman is the Self in the Dreaming state, Taijasa. In this second state, consciousness is turned towards the inner world. It also operates through seven instruments and nineteen channels, which engage the subtle objects of the mental realm.
Em segundo lugar está sonhando / Sutil: O segundo aspecto da Atman é o Self, no estado de sonho, Taijasa. Neste segundo estado, a consciência está voltada para o mundo interior. Também opera por meio de sete instrumentos e dezenove canais, que envolvem os objetos sutis do reino mental.

3-Prajna



Yatra supto na kancana kāmam 
kāmayate na kancana svapnam pasyati tat sushuptam. 
Sushupta-āsthāna ekibhūtah prajñānaghana evānandamayo hyānandabhuk chetomukhah prājnastrityah pādah.



Third is Deep Sleep / Causal: The third aspect of Atman is the Self operating in the Deep Sleep state, Prajna. In this third state, there is neither the desire for any gross or subtle object, nor any dream sequences. In deep sleep, all such experiences have receded or merged into the ground of undifferentiated consciousness. Here, one is filled with the experience of bliss, and can also find the way to clearer knowledge of the two preceding states.

O terceiro é sono profundo / Causal: O terceiro aspecto de Atman é a exploração Ser no estado de sono profundo, Prajna. Neste terceiro estado, não há nem o desejo de qualquer objeto grosseiro ou subtil, nem qualquer seqüência de sonho. No sono profundo, todas as experiências foram diminuídas ou incorporadas ao solo da consciência indiferenciada. Aqui, é preenchida com a experiência de êxtase, e também pode encontrar o caminho para o conhecimento mais claro dos dois estados anteriores.



Esha sarvesvara esha sarvajña
 esho'ntaryāmy-esha yonih 
sarvasya prabhavāpyayau

 hi bhūtānām.


Find the Experiencer: The one who experiences all of these states of consciousness is the omniscient, indwelling source and director of all. This one is the womb out of which all of the other emerge. All things originate from and dissolve back into this source.

Encontro com o experimentador: Aquele que  experiência todos estes estados de consciência é a fonte, onisciente residente e diretor de todos. Este é o útero do qual todas os outras surgem. Todas as coisas originam e  se dissolvem de volta para esta fonte.
4-Turiya



Nantah-prājñam na bahih-prājñam, nobhayatah-prājñam na prājñana-ghanam na prājñam naprājñam. 
Adrishtam-avyavahārayam-agrāhyam- alakshanam-acintyam-avyapadesyam-ekātma-pratyayasāram,
 prapancopasarnam santam sivam-advaitam caturtham manyante sa tm sa vijneyah.



The Fourth Aspect is Turiya: The fourth aspect of Atman or Self is Turiya, literally the fourth. In this fourth state, consciousness is neither turned outward nor inward. Nor is it both outward and inward; it is beyond both cognition and the absence of cognition. This fourth state of Turiya cannot be experienced through the senses or known by comparison, deductive reasoning or inference; it is indescribable, incomprehensible, and unthinkable with the mind. This is Pure Consciousness itself. This is the real Self. It is within the cessation of all phenomena. It is serene, tranquil, filled with bliss, and is one without second. This is the real or true Self that is to be realized.

O quarto aspecto é Turiya: O quarto aspecto de Atman ou Eu Turiya é, literalmente, o quarto.Neste quarto estado, a consciência não é nem virada para fora nem para dentro. Nem é tanto externa 
nem interna,  está além da cognição e da ausência de conhecimento. Este quarto estado da Turiya não pode ser experimentado através dos sentidos ou ser conhecido, por comparação, raciocínio dedutivo ou inferência, é indescritível, incompreensível e inconcebível através da mente. Esta é a Consciência Pura. Este é o Self real. É o estado  de cessação de todos os fenômenos. Ele é sereno, tranquilo, cheio de felicidade, e é aquele sem  um segundo. Este é o Self real ou verdadeiro que está  sendo realizado.
Jai Gurudev I bow to you in Your Lotus Feet.

No comments:

Post a Comment