Páginas

Thursday, December 3, 2009

Capítulo I "A Yoga da desilusão ou Arjuna Vishada" versos 4-6

Capítulo I "A Yoga da desilusão ou Arjuna Vishada"


Bhagavad Gita in the light of Kriya Yoga (Paramahamsa Hariharananda Giri)

Foreword by Sri Sadguru Paramahamsa Prajnãnãnanda Giri

Capítulo I "A Yoga da desilusão ou Arjuna Vishada" versos 4 e 5

atra sura mahesvãsã
bhimarjunasamã yudhi
yuyudhanovirãtas ca
drupadas ca maharathah

Here are heroes and great archers,equal in battle to Bhima and Arjuna: Yuyudhana,Virata,and the great chariot warrior Drupada (01:04)

Aqui estão os heróis e os grandes arqueiros , igual na batalha de Bhima e Arjuna: Yuyudhana, Virata, e  o grande guiador da charrete de guerra  Drupada  (01:04)

dhrstaketus cekitãnah
kãsirãjas ca viryavãn
purujit kuntibhojas ca
saibyas ca narapumgavah


Dhrishtaketu, Ceikitana the powerful king of Kashi,Purujit, Kuntiboja,and Shabya the foremost man, (01:05)
Dhrishtaketu, Ceikitana o poderoso rei de Kashi, Purujit, Kuntiboja e Shabya o homem acima de tudo, (01:05)


As flechas são nossas ações ou karma. com elas podemos atingir ou não nosso alvo, nossas metas.

Quando somos guiados devemos ter confiança plena em quem dirige nossa carruagem.

 Quando Deus está á frente com certeza nossas flechas serão certeiras para matar tudo aquilo que nos mantém afastados da Verdade,

A batalha de Kurushetra se dá dentro de nós. Devemos sempre refletir, quem conduz minhas ações? o que motiva a a falar, agir, caminhar,pensar, sentir? Se forem as virtudes e os valores humanos, com certeza as flechas serão certeiras.




yudhamanyus ca vikrãnta
uttamaujãs ca viryavãn
saubhadro draupadeyãs ca
sarva eva mahãrathãh

Yudhamanyu the powerful, Utamauja the brave, and the son of Subhadra ( Abhimanyu), and the five sons of Draupadi.All of them are great heroes on the side of Pandavas.( 01:06)

Yudhamanyu o poderoso, Utamauja o valente, e o filho de Subhadra (Abhimanyu), e os cinco filhos de Draupadi. Todos eles são grandes heróis do lado dos Pandavas.(01:07)


A humilhação de Draupadi

Draupadi foi esposa dos 5 Pandavase protegida pelo Senhor Krishna.
Os três primeiros dos Pandavas foram os filhos de Kunti, e os dois mais novos eram filhos de Madri. . 
Deste modo,1- Yudhisthira mestre da lança  Era o filho de Dharma , o Deus da justiça;

2- Bhima o filho de VayuO vento de Deus; 

3-Arjuna o filho de Indra, O deus do céu;o maior dos arqueiros, inteligente, segundo a nenhuns "com os sentidos sob completo controle." Nem desejo nem medo nem raiva pode fazê-lo abandonar a virtude. Embora capaz de resistir a qualquer foeman, jamais cometeria um ato de crueldade.


 4- Nakula significa cheia de amor e as características masculinas implícito no nome são: Inteligência, Focus, trabalho duro,  Saúde , atratividade, sucesso, popularidade, respeito e amor incondicional. e

5- Sahadeva atento na moralidade. Mestre das espadas "Heróica, inteligente, sábio e nunca irado, não há outro homem igual a ele em inteligência ou em meio a eloqüência assembléias dos sábios".







Yodhisthira  é o Dharma, Bhima é nossa respiração e Arjuna nosso ideal, ser um discípulo perfeito Nakula o Amor Incondicional e Shahadeva a Sabedoria .

 Se temos o controle dos sentidos, da respiração e a devoção incondicional ao nosso Gurudev, então todas as forças do bem conspiram ao nosso favor. 

Nossa fé e virtude são postas á prova pela ganância ( dinheiro no chacra base) sexo ( chacra da família) ,gula e orgulho pelas informações que dispomos ( chacra da comida) orgulho, ira, egoísmo ( chacra cardíaco) preconceito religioso ou falta de respeito aos diferentes saberes ( chacra laríngeo) . 
Com a disciplina espiritual sem deixarmos com que nossa fé se abale, ao praticarmos as nossas práticas diárias de Kriya Yoga, tendo nosso amado Gurudev a nos guiar e nos empenhamos em servir a todos, vendo Deus em tudo e em todos poderemos transcender este estado.

Síntese do Capítulo I 


Exército Kaurava


Líder:Rei Duryodhana
Mestre de Armas:Dronacarya
Heróis:Bhisma, Karna, Krpacarya, Asvattama, Vikarma, Saumadatti, Jayadhratha


Exército Pandava
Líder: Rei Yudhisthira
Mestre de Armas: Dhrstadyumna (discípulo de Dronacarya)
Heróis:Arjuna, Bhima, Satyaki, rei Virata, Drupada, Dhrstaketu, Cekitana, Kasiraja, Purujit, Kuntibhoja, rei Saibya, Yudhamanyu, Uttamauja, Abhimanyu e os filhos de Draupadi
Os cinco filhos de Pandu e os cem filhos de Dhritarastra cresceram com alegria e diversão em Hastinapura.

Bhima excedia todos em força física. Ele costuma maltratar Duryodhana e os outros Kauravas, batia neles e os arrastava pelo cabelo.Grande nadador, ele mergulhava, nos lagos, com um ou mais deles imobilizados em seus braços, e ficava no fundo até eles quase se afogarem. Quando eles subiam numa árvore, ele ficava no chão e chacoalhava a árvore até fazê-los cair como frutas maduras.(Mahabharata de  Chakravarti Rajagopalachari )
Satyaki, também escrito Saatyaki, (sânscrito: सात्यकि), também chamado Yuyudhana, é um poderoso guerreiro pertencem ao Yadava-Vrishni dinastia do Senhor Krishna, no épico Mahabharata. . Ele é conhecido como o invencível.Satyaki  devoto de Krishna e melhor amigo de Arjuna, treinado por Drona na arte militar e era filho de Satyaka.  Ele forte e apaixonadamente favoreceu a causa dos Pandavas sobre o Kauravas na guerra de Kurukshetra.Como o emissário da paz, que foi ridicularizado e rejeitado por Duryodhana.

O rei cego Dritarastra como não podia estar presente na batalha de Kuruksetra, onde os exércitos dos Pandavas, seus sobrinhos, e dos Kauravas, seus filhos, lutavam pelo trono, perguntou a Sanjaya o que acontecia na batalha.
Sanjaya tinha grandes poderes místicos, e por isso podia saber o que acontecia lá longe, no campo de batalha; e começou a descrever tudo para o rei Dritarastra.

Sanjaya disse:
Os dois exércitos estão organizados, em posição militar, um diante do outro. Duryodhana, o líder dos Kauravas, está temeroso porque sabe que o seu exército é inadequado para lutar contra o exército dos Pandavas.
Arjuna pede para Krsna situar a quadriga entre os dois exércitos, para que ele possa observar os guerreiros contra os quais deverá lutar. Vendo seus parentes e amigos, presentes no campo de batalha, Arjuna sente-se tomado de tristeza e dominado por grande compaixão, diz:


"Ó Krsna, vendo meus parentes diante de mim ansiosos pela guerra, sinto que estou perdendo a força dos membros do meu corpo e minha boca está seca. Meu corpo inteiro treme e se arrepia. Não tenho mais firmeza para segurar meu arco Gandiva e minha pele queima. Minha mente está confusa. Não vejo nenhum bem em matar meus próprios parentes nesta batalha. Não desejo matá-los mesmo que me queiram tirar a vida. Não teria nenhuma felicidade matando meus parentes e amigos mesmo se ganhasse o reino sobre a Terra. Apesar desses homens terem seus corações dominados pela ambição e não poderem ver o grave pecado de lutar contra amigos e parentes, nós não devemos fazer o mesmo, porque esses atos perversos destruirão nossas dinastias. Prefiro que me matem, a ter que cometer esse pecado".

Depois de falar desse modo, Arjuna põe de lado seu arco e flechas, e em meio ao campo de batalha, senta-se na quadriga com o coração tomado pela lamentação.


No comments:

Post a Comment